Saúde do colaborador: saiba por que sua empresa deve se preocupar

Todas as empresas buscam desempenhar seu papel da melhor maneira possível para ter o seu espaço no mercado. Para isso, elas precisam contar com colaboradores produtivos e motivados para ajudá-las a conquistar o seu tão sonhado destaque. Mas para que…

Por Felipe Baeta

10 minutos de leitura


Todas as empresas buscam desempenhar seu papel da melhor maneira possível para ter o seu espaço no mercado. Para isso, elas precisam contar com colaboradores produtivos e motivados para ajudá-las a conquistar o seu tão sonhado destaque. Mas para que esse cenário se torne realidade, a empresa precisa investir na saúde do colaborador.

Essa é uma ação que não beneficia apenas o funcionário, mas o negócio também. Quando uma pessoa está doente, por exemplo, mesmo que esteja presente na empresa, sua produção não será a mesma. Sem contar que em muitos casos a doença pode ser contagiosa, como um resfriado ou gripe, atingindo um número maior de pessoas no ambiente de trabalho.

Levando tudo isso em consideração, escrevi este artigo para mostrar a você por que a empresa deve se preocupar com a saúde do colaborador. Venha conferir!

Retém talentos

Devido à saturação do mercado, ficou muito mais difícil encontrar funcionários responsáveis e competentes para desempenhar as atividades de dentro de uma empresa. Nesse sentido, quando um talento é identificado, é preciso trabalhar para mantê-lo satisfeito o suficiente para não procurar outro emprego.

Nesse momento, existem várias estratégias que podem ser colocadas em prática, mas cuidar da saúde do funcionário é fundamental. Ao sentir que tem o suporte necessário para cuidar tanto da sua saúde mental quanto física, a pessoa se sente mais motivada em permanecer no emprego e entregar o seu melhor todos os dias.

Mantém os colaboradores engajados

Quando a pessoa está satisfeita com a empresa, ela consegue produzir mais e com mais qualidade. Isto é, realmente está disposta a vestir a camisa e a enfrentar todos os desafios que aparecerem no seu caminho. O melhor: também motiva a sua equipe a alcançar as metas e a pensar em estratégias eficientes para fazer a empresa crescer.

A consequência desse engajamento dos funcionários é uma só: aumento da lucratividade. É por isso que os recursos destinados à saúde do colaborador devem ser vistos como um investimento dentro do negócio.

Diminui o absenteísmo

É muito comum encontrar situações em que o funcionário precisa se ausentar por uns dias da empresa por conta de um problema de saúde. A questão, aqui, é que esse absenteísmo interfere diretamente na produtividade do negócio, fazendo com que os processos demorem mais para ser concluídos e, por consequência, sobrecarregue os demais colaboradores.

A partir do momento que você passa a cuidar da saúde do seu funcionário, esse problema é reduzido de maneira bem significativa. Afinal, eles terão a oportunidade de cuidar mais do seu bem-estar e prevenir o desenvolvimento de doenças mais sérias.

Reduz custos

Há, ainda, quem pense que investir na saúde do colaborador aumenta os custos da empresa. Muito pelo contrário! Quando você investe em um plano de saúde, por exemplo, as chances de ter que contratar funcionários temporários para cobrir as atividades do colaborador doente diminuem.

Além disso, é válido destacar que, de acordo com a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), o colaborador tem direito a faltar até 14 dias sem desconto em seu salário ― desde que a ausência seja justificada com atestado médico, é claro.

Percebeu o quanto a sua empresa tem a ganhar ao cuidar da saúde do colaborador? Nesse momento, oferecer a eles um plano de saúde atrativo é interessante para motivá-los a cuidar do seu bem-estar e da sua qualidade de vida.

Agora que você já sabe por que deve cuidar da saúde de seus funcionários, é hora de conhecer 7 dicas para alavancar a sua gestão empresarial. Boa leitura e até a próxima!