Saiba como realizar uma gestão de benefícios eficiente na sua empresa

A gestão de benefícios significa planejar e gerenciar medidas que beneficiam os colaboradores de maneira individual e/ou coletiva. Isso é feito mediante práticas que melhoram o bem-estar e a qualidade de vida tanto no trabalho quanto fora do expediente. Oferecer…

Por Wagner Bernardo

10 minutos de leitura


A gestão de benefícios significa planejar e gerenciar medidas que beneficiam os colaboradores de maneira individual e/ou coletiva. Isso é feito mediante práticas que melhoram o bem-estar e a qualidade de vida tanto no trabalho quanto fora do expediente.

Oferecer esses recursos é um desafio e tanto para as empresas. Como eles afetam diretamente em aspectos, como satisfação e retenção de talentos, é essencial saber lidar com esse setor de forma estratégica para evitar descontentamentos e gastos desnecessários.

Hoje, o mercado profissional conta com um vasto catálogo de privilégios que podem deixar os colaboradores mais engajados com as organizações. Existem diversas soluções positivas as quais se aplicam nas rotinas das companhias. Em geral, os benefícios são investimentos que trazem retornos positivos em longo prazo, como a geração de diferenciais competitivos e a melhoria do clima organizacional.

Neste material, você vai aprender como realizar uma gestão de benefícios eficiente no seu negócio. Confira!

Quais são as vantagens para a empresa?

As vantagens são inúmeras e, inclusive, há livros técnicos com centenas de página sobre o assunto. Para quem precisa de uma ilustração mais simples, resumimos as principais a seguir:

Elevar a produtividade

O colaborador que se sente desvalorizado é o maior obstáculo para a produtividade de um time. Afinal, ele é mais propício a descumprir metas e ordens. Entretanto, ao oferecer benefícios que possam fazer esse profissional crescer na empresa — por meio de plano de carreira, oferecimento de cursos ou de cuidados com o bem-estar, por exemplo —, o resultado pode ser extremamente positivo em diversos aspectos.

Isso ocorre porque, além de capacitar o funcionário, ele se sentirá valorizado e mais disposto a cumprir prazos e objetivos — sem deixar de citar a maior predisposição de compartilhar conhecimentos e experiências com os demais colegas.

Motivar colaboradores

Quem não quer colaboradores felizes em seu ambiente de trabalho? Quando estão de bem com a vida e com as tarefas que desempenham, eles são propensos a incorporar a missão, a visão e os valores da instituição.

O efeito disso é que eles param de fazer comentários negativos sobre a gestão da companhia e colaboram para a melhoria dos processos. Afinal de contas, quem se sente motivado se preocupa com o sucesso da empresa em que trabalha.

Reter talentos

As principais causas pelas quais os talentos pedem demissão são:

  • baixa oportunidade de crescimento;
  • ausência de desafios;
  • liderança fraca;
  • cultura de trabalho duvidosa;
  • remuneração baixa;
  • benefícios não condizentes com as necessidades da equipe;
  • pouco reconhecimento.

Ao antecipar esses fatores críticos na gestão da sua empresa, os talentos não pensarão duas vezes antes de pedirem a conta.

Por outro lado, com uma boa oferta de incentivos, os profissionais em destaque no mercado demonstram interesse em fazer parte da sua empresa. Isso gera uma competição interna saudável, pois os que já estão contratados darão o melhor de si em suas funções.

Fortalecer a imagem da organização

Não existe nada mais vantajoso para uma instituição do que uma campanha positiva feita pelos seus funcionários. Dessa forma, quando você atua para gerar satisfação, valorizar o pessoal, oferecer oportunidades de carreira e reduzir conflitos, a gestão de benefícios transforma essas ações em um retorno gigantesco para a imagem corporativa.

À medida que essa percepção positiva for posta em público, a reputação da sua marca tende a ganhar destaque no mercado. Com isso, seus produtos e serviços serão mais visados — sem contar o surgimento de profissionais altamente capacitados que desejarão fazer parte do seu quadro de funcionários.

Como implementar a gestão de benefícios?

Para implantar esse tipo de gestão, é preciso ter foco e seguir alguns passos importantes. Veja abaixo:

Conheça o perfil dos colaboradores

Para evitar desperdício de tempo e recursos financeiros, realize um levantamento minucioso para identificar as demandas e desejos mais relevantes para cada funcionário.

Por exemplo, tem colaborador que prioriza o crescimento na carreira. Para esse perfil, cursos de especialização ou de idiomas são prêmios tentadores. Outros preferem planos que beneficiam a família, como uma cobertura mais abrangente no plano de saúde ou um auxílio para cobrir os custos com a escola dos filhos.

Pensando nisso, você garante que os benefícios realmente tenham o valor necessário para motivar e fazer a diferença.

Avalie o custo-benefício

Aumentar o catálogo de vantagens requer a avaliação de resultados. Isso porque, se um programa não tiver o efeito esperado, não tem sentido continuar com ele.

As pessoas e as suas prioridades mudam. Logo é preciso ficar atento a esses detalhes. Para isso, avalie os efeitos dos benefícios concedidos periodicamente. Assim é possível realocar o investimento das iniciativas de sucesso, bem como diminuir ou até descontinuar o que não está funcionando.

Defina os benefícios

Para montar esse plano, considere as pesquisas feitas e tente atender o que é esperado pela equipe. Depois disso, anuncie o programa de benefícios para toda a empresa. Também garanta que todos os privilégios ofertados sejam pertinentes para o seu quadro de colaboradores.

Para ter uma noção da amplitude de uma carteira de vantagens corporativas, veja alguns exemplos:

  • auxílio combustível e/ou vale-transporte;
  • áreas de lazer;
  • bolsa de estudos;
  • convênios com estabelecimentos (mercados e farmácias);
  • desconto com produtos/serviços da empresa;
  • lanchonete ou refeitório interno;
  • participação nos lucros;
  • plano de saúde;
  • plano odontológico
  • vale-refeição;
  • recrutamento interno e promoções.

Esforce-se para deixar seu catálogo de benefícios o mais amplo, democrático e promissor possível. Por isso, além de garantir incentivos previstos pela lei, inclua recursos criativos e facultativos para seus funcionários. Se possível, reúna-se com a equipe de recursos humanos para montar um plano inovador que possa trazer bons resultados.

Permita a flexibilização de benefícios

A flexibilização de benefícios é uma atitude inteligente que vem sendo aderida por algumas organizações que priorizam a satisfação de seus colaboradores. Para isso, basta oferecer diversos pacotes para que cada funcionário possa escolher pelos incentivos que mais atendem suas necessidades.

Por exemplo, se alguém não demonstrar interesse em uma bolsa de estudos, mas julgar necessário ter um plano odontológico, poderá fazer a troca. Com isso, os abatimentos dos holerites serão feitos conforme o interesse de cada um.

Para que tudo funcione da melhor forma, esteja atento ao público interno quanto à concessão dos benefícios. Após um determinado período, faça pesquisas de satisfação para ver se os pacotes fornecidos estão agradando ou não.

Tenha políticas claras

É necessário que você seja transparente e objetivo com a equipe quanto aos benefícios oferecidos, especialmente se sua empresa liberar participação de lucros com os funcionários ou conceder prêmios para aqueles que cumprirem metas antes do prazo.

Nesse sentido, explique muito bem como esses incentivos podem ser conquistados e os motivos para isso. Do contrário, o plano pode gerar efeito negativo, causando desmotivação em vez de motivação nos profissionais envolvidos.

E então? Aprendeu como fazer uma boa gestão de benefícios na empresa? Esperamos que sim! Para obter sucesso com essa abordagem, siga as dicas citadas acima e revise as vantagens oferecidas regularmente. Assim os talentos que fazem parte da sua equipe de funcionários ficarão um bom tempo prestando serviços na sua companhia. Teste e comprove!

Ficou com dúvidas a respeito da gestão de benefícios ou viu que esquecemos de mencionar algo? Use o campo abaixo para enviar suas perguntas e sugestões.